13 agosto 2008

Cumprir a rua, o corredor, a cama por onde passamos todos os dias, dividi-los pelos anos, fazê-los caber nos anos com tanta precisão, que cheguem a existir, mesmo que por apenas uma fração de
segundos, ali no momento exato
em que os usamos pela última vez,
quando finalmente estavam prontos.

5 comentários:

Camilo disse...

muito bom.

Eduardo Magalhães disse...

Confesso que adorei isso: "fazê-los caber nos anos com tanta precisão que cheguem a existir". É magnífico. E que foto forte da porra. Valeu.

aeronauta disse...

Texto forte, preciso, arrebatador...

Liquificadorizando disse...

Esse texto daria um argumento para um Curta.

Parabéns!

Alexandra Periard (Atriz e Escritora)

anjobaldio disse...

Muito bom cara. Grande abraço.